logo

Supermercadistas estão mais otimistas com o cenário.

 18/09/2017

Isso pode proporcionar novos investimentos no setor.
A expectativa do varejista em relação ao mercado deve continuar subindo gradativamente ao longo do tempo, o que pode proporcionar novos investimentos no comércio, aponta pesquisa GFK feita em parceria com a Abras (Associação Brasileira de Supermercados). O índice de quem acha que o cenário está melhor passou de 46% em junho para 64% em agosto, enquanto o de quem avalia como igual caiu de 47% para 21, e o de quem acha que piorou avançou de 7% para 15% no mesmo período.
 
Consumo

A pesquisa revela também que, caso não existam alterações nas alíquotas tributárias, até o final do ano, os preços da cesta básica deverão ficar estáveis e com poucas oscilações em alguns produtos sazonais.

Por outro lado, alguns itens que compõem a cesta abrasmercado tiveram queda de preços bastante expressiva nos últimos meses. É o caso, por exemplo, do feijão, com queda de 21,5%, do arroz, queda de 16,2%, da batata -22,7% e de quase todos os tipos de carnes. São quedas muito acentuadas e que trouxeram atenção redobrada aos varejistas.


Compras online

Outro dado importante para futuro do setor é o fato das compras online estarem irreversivamente presentes e cada vez mais relevantes para a vida dos consumidores. Segundo a GfK, 69% dos consumidores realizam pesquisas online sobre os produtos, já 64% dos consumidores dizem utilizar os serviços online para comparar preços entre diferentes lojas, 56% usam o Google ou outras ferramentas de busca para encontrarem o que precisa e 57% afirmam comprar pela internet em lojas especificas e de sua confiança. 

Fonte: Supermercado Moderno